Por uma vida Melhor

Publicado em 26/06/2013

A maneira como nos relacionamos com os que estão à nossa volta fala muito sobre nosso caráter e personalidade. Muitas vezes esperamos o melhor das pessoas (e até cobramos isso), mas não oferecemos nem o essencial. Esperamos educação, gentileza, palavras amáveis, respeito, cortesia e atenção. Contudo, se fizermos uma análise sensata de nosso comportamento e da maneira como tratamos os que estão mais próximos a nós, ficaremos chocados ao perceber que não temos feito nem a metade do que exigimos dos outros! Há um texto antigo muito sábio que diz: “Faça aos outros o que você deseja que façam para você” (Lucas 6:31). Como a vida seria melhor se houvesse mais disposição de cada pessoa em fazer o bem para seus semelhantes. Como seríamos mais felizes se tratássemos as pessoas com mais respeito e dignidade! Frequentemente julgamos os outros por suas ações, enquanto justificamos a nós mesmos por nossas intenções – incoerente!!! Somos tão rápidos para criticar, falar mal, repreender, julgar precipitadamente, vociferar... Nos irritamos com tremenda facilidade, perdemos a paciência por detalhes insignificantes. Magoamos pessoas e partimos corações com nossa falta de sensibilidade! Queremos tudo para ontem. Corremos atrás de tantas coisas, e mesmo sem perceber, vamos deixando para trás pessoas queridas, desfazendo relacionamentos ao longo do caminho... Esperamos muito e oferecemos pouco... Exigimos dos outros o que seria demais para nós mesmos oferecer... Deixamos Deus na periferia de nossos pensamentos, recorrendo a Ele apenas nas loucas emergências do desespero... Semeamos vento e colhemos desilusão... Vivemos insatisfeitos e sozinhos... Corremos em busca da felicidade, sem perceber que a felicidade não é um destino final, mas cada trecho do caminho, cada pessoa que nos cerca, cada oportunidade de ver a vida de forma positiva... Contudo, mais que refletir sobre a realidade, é hora de mudar a realidade! Mais que lamentar o triste quadro, podemos alterar esta cena... No fim, o que realmente conta é como vivemos cada segundo de nossa vida. O futuro ainda não chegou. O passado não pode ser alterado, o que está feito, está feito! Mas temos o presente, este tempo precioso onde a vida pode ser melhor. Onde os amigos podem ser mais valorizados. Onde relacionamentos podem ser nutridos. O presente é o único espaço de tempo em que podemos fazer aos outros o que gostaríamos de receber. Assim, pare de lamentar sua sorte (ou a falta dela). Enxugue suas lágrimas, levante a cabeça e faça diferente! Ame mais. Seja mais positivo. Elogie com mais frequência. Valorize pequenos gestos de cortesia. Reproduza, imite e copie tudo o que for bom! Talvez assim sua vida não seja perfeita, mas poderá ser bem melhor do que é agora... Moisés Móra

kariscoral@gmail.com
Igreja Adventista de São Francisco do Sul